Vamos conversar!

Quero aprender

Parte da vida do cético é aprender. Eu quero acreditar e conhecer coisas verdadeiras e rejeitar alegações falsas, não importa o quão anti-intuitivas ou dolorosas sejam. Se você quer discutir política, religião ou filosofia, eu estou disponível para entrar no barco.

Quero conhecer você

Talvez você seja um curioso, ou esteja estudando, ou ficou revoltado. Quero saber o que você achou do que viu aqui. Comente nas páginas e posts ou mande uma mensagem.

Quer receber-me? É grátis!

Já estive em igreja que falava de ateus; vi simpatizantes do socialismo falarem de libertaristas; já vi leigos falarem de filósofos. Nunca vi sair boa informação daí. Se quer falar sobre ateísmo, política ou filosofia, pode me chamar. Pode ser um painel, palestra ou debate, em igreja, escola ou comunidade — contanto que seja minimamente seguro. Eu não cobro qualquer coisa para participar de eventos, exceto se for muito longe — neste caso, talvez um Google Hangout ou ligação por Skype seja mais prático.

O pastor e apologista Timothy Keller recomenda exatamente isto em Reason for God (não publicado em português):

Também apelo aos crentes que lutem com as objeções pessoais e culturais à fé. No final de cada processo, quer permaneça o cético ou crente que tem sido, você manterá sua posição tanto com maior clareza quanto humildade. Então haverá um entendimento, simpatia e respeito pelo outro lado que não existia antes. Crentes e não-crentes se elevarão ao nível de discordância ao invés de simplesmente acusar um ao outro. Isto acontece quando cada lado aprende a representar o argumento do outro na sua forma mais forte e positiva. Somente então é seguro e justo discordar dela. (grifo meu)

Anúncios

2 respostas para Vamos conversar!

  1. Nelson Junior disse:

    Olá Henrique tudo bem? Achei o seu blog muito show. Amigo, você tem conhecimento de um autor chamado La Sagesse? Pois li um artigo referente a ele, intitulado “Jesus Cristo nunca exiistiu” e eu já procurei na net e praticamente nada encontrei a respeito. O amigo teria essa informação? Grande abraço!!

    • Henrique disse:

      Olá, Nelson! Em primeiro lugar, obrigado!
      Eu nunca havia ouvido falar de La Sagesse. Numa busca rápida, notei que parece ser um pseudônimo de brasileiro, o que torna difícil obter mais informações sobre a pessoa. O artigo que você menciona aparece também em forma de livreto, e inicialmente vejo alguns prós e contras:
      Prós:
      * Trata do assunto tendo como alvo o público geral
      * Apresenta muitos dos questionamentos plausíveis a respeito da historicidade do personagem Jesus

      Contras:
      * Não parece trazer referências para apoiar as alegações que faz
      * Traz algumas alegações menos plausíveis e pouco convincentes sobre a rejeição da historicidade — é aí que referências seriam úteis

      Se você tiver acesso, recomendo Richard Carrier, ele é bem proficiente no assunto. Abraço!

Quer dizer algo sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s